FOOTBALL MANAGER 2020 COMPATÍVEL COM A STEAM BRASIL POR R$112,61 COMPRAR AGORA!

Que atributos são importantes o treinador adjunto ter no FM?

O treinador adjunto é o braço direito do técnico principal e tem, depois do treinador princial, o papel mais importante de toda a equipa técnica do clube no Football Manager, podendo assumir múltiplas funções que lhe ajudarão a levar a sua equipa a glória, sendo uma ferramenta indispensável a qualquer clube que almeje o sucesso.

Quais as funções de um treinador adjunto?

O treinador adjunto tem por funções básicas auxiliar o treinador principal nas tarefas básicas, como por exemplo aconselhar quais os melhores jogadores para o 11 inicial, bem como dar informações adicionais sobre o estado geral do plantel, designadamente a performance nos treinos, a felicidade geral, a satisfação com os contratos, entre outros.

Além disso, o treinador adjunto pode também assumir funções específicas, para as quais ele irá necessitar maior especialização (entenda-se atributos com maiores valores). O Adjunto poderá desde iniciar contratações, ou vender jogadores, dar palestras a equipe, montar planos de treino, conceder entrevistas no túnel ou pós jogo, definir detalhes táticos, dirigir equipes alternativas como os Sub-19 e, até mesmo para aqueles treinadores mais preguiçosos, controlar a equipe principal em jogos.

Assim como qualquer outro membro da comissão técnica, quanto mais responsabilidades o treinador adjunto acumular, mais especializado ele terá de ser, e isso irá requerer certos atributos específicos para que ele possa realizar seu trabalho com excelência.

Atributos básicos

O treinador adjunto tem três atributos definidos pelo Football Manager como fundamentais para executar suas funções primordiais:

  • Gestão de Recursos Humanos: como o nome sugere, reflete a capacidade do indivíduo se relacionar, organizar e manter as relações pessoais do clube bem como gerir eventuais insatisfações e impasses antes que estas cheguem ao treinador. Também pode influenciar quando chamado a conceder entrevistas à imprensa;
  • Avaliação da Capacidade do Jogador: reflete o julgamento sobre a capacidade do jogador no momento atual, particularmente útil quando se procura uma opinião secundária para selecionar um jogador para o plantel, bem como para a sua contratação;
  • Avaliação do Potencial do Jogador: define o julgamento do adjunto sobre o quão bom um jogador poderá vir a ser, tendo em base sua análise tanto do desempenho em campo quanto nos treinamentos do mesmo.

Atributos recomendados

Além dos três atributos básicos, é recomendado a um bom treinador adjunto ter altos índices em outros três atributos mentais que se refletem diretamente nos jogadores e influenciam diversas variantes. São eles:

  • Determinação: também entendido por vontade, demonstra o quanto o jogador é empenhado em melhorar e procurar o sucesso, podendo até mesmo influenciar aqueles à sua volta. Um índice alto de determinação faz com que o jogador seja focada em dar o melhor de si nos treinamentos por exemplo, enquanto um valor baixo pode acarretar em um comportamento mais relaxado;
  • Motivação: define a capacidade de extrair o melhor de cada indivíduo, melhorar o ambiente durante os treinamentos, bem como incentivar mentalmente durante as palestras realizadas tanto no balneário quanto a beira do campo durante uma partida;
  • Nível de Disciplina: permite ao staff usar níveis mais elevados de cobrança por resultados em suas abordagens, bem como cativa aos jogadores maior respeito. Além disso aumenta a capacidade dos jogadores em suportar maiores cargas de treinamento sem que haja reclamações sobre a intensidade do treino.

Atributos extra

Além dos mencionados anteriormente, existem atributos complementares que são igualmente importantes para qualquer bom treinador adjunto no Football Manager que venha a desempenhar funções extras:

  • Atributos de treino (defensivo, físico, jovens, defesa de remates, etc): influenciam diretamente para aquele treinador adjunto que auxilia nos treinamentos, assumindo uma ou mais especializações durante os trabalhos de desenvolvimentos dos jogadores.
  • Conhecimento tático: define a capacidade do treinador adjunto perceber situações durante uma partida e dar dicas para o Treinador principal, bem como sugestões sobre instruções de jogo, posições, tácticas, substituições, entre muitas outras situações.
  • Negocial: mostra a capacidade do treinador adjunto em fazer um bom negócio, seja comprando ou vendendo um jogador, ou mesmo negociando um contrato.
  • Adaptabilidade: define tanto a capacidade pessoal do indivíduo a adaptar-se em viver no exterior em um país ou cultura desconhecida, quanto a possibilidade de ele aceitar uma proposta para trabalhar noutra nação.

Não se esqueça de….

Uma sessão que por vezes passa desapercebida por muitos jogadores de Football Manager, mas que é de grande importância, é a do perfil do treinador adjunto. Todo adjunto tem suas preferências pessoais, predefinidas seja por sua experiência como jogador, seja por estudos e observações, ou mesmo atribuída aleatoriamente pelo jogo.

Um treinador adjunto que prefira jogar em um 5-4-1 e seja contratado por um clube que jogue em 4-3-3 Tiki-Taka poderá vir a encontrar algumas adversidades seja provendo instruções errôneas, avaliações de situação pouco precisas ou ainda influenciando, mesmo sem quere,r os jogadores em nos treinos com a sua visão de jogo, atrapalhando o entendimento da tática da equipa.

Por fim, outro fator de importância a considerar é o alinhamento da personalidade do treinador adjunto com a personalidade do plantel. Um adjunto alinhado com os seus jogadores é capaz de se relacionar e trabalhar melhor, obtendo resultados positivos seja nos treinos, em palestras ou mesmo na condução dos jogos. Existem personalidades distintas obviamente, que podem potencializar ou atrasar o desenvolvimento do plantel, mas este é um assunto para outro artigo.

Considerações finais sobre a escolha

Além de tudo o que foi previamente escrito aqui, a escolha do treinador adjunto muitas vezes passa por questões de preferência pessoal. Assim, este artigo foi escrito não com o intuito de ser uma verdade absoluta, mas sim de auxiliar na escolha, destacando pontos e características chave que muitas vezes o próprio Football Manager não esclarece totalmente aos jogadores.

E se você não viu nossa série de artigos acerca da equipa técnica, visite os links abaixo para mais dicas valiosas:

Guilherme Wendt

Treinador virtual desde o Championship Manager 97/98 e adepto do S.C. Internacional de Porto Alegre desde sempre.